Projeto quer incentivos fiscais para ampliar energia solar em MS

0

O projeto apresentado na Assembleia quer ampliar a utilização da energia solar em Mato Grosso do Sul, assim como a eólica, de biomassa, biocombustível e outras consideradas “limpas”, já que não trazem danos e impactos ao meio ambiente. A intenção é criar um programa de incentivo a produção e distribuição no Estado.

“A ideia é ampliar a utilização de energia gerada a partir de fonte solar, eólica, biomassa, biocombustíveis, biogestores e gases de aterros sanitários”, explicou o autor do projeto, o deputado Carlos Alberto David (PSL). O programa tem como meta promover a produção desta energia (limpa), com incentivos fiscais e realização de pesquisas no setor.

“É inadiável aumentar a proporção de energia limpa na matriz energética do nosso Estado, pois o potencial é diferenciado tendo em vista a produção sucroalcooleira, suinocultura e localização geográfica”, acrescentou o parlamentar, que espera o apoio dos colegas para aprovar as medidas.

O projeto segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado em plenário pelos deputados. Caso seja aprovado, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode sancionar ou vetar a matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here