Neiva do céu: amigas viram celebridades após conversa vazada na internet

Bate-papo era sobre decepção amorosa

0

‘Neeeeeeiva do céu!’. Era para ser só a confissão de um encontro amoroso mal-sucedido no WhatsApp e acabou inspirando um vídeo com mais de 801 mil visualizações no YouTube, piadas nas redes sociais e gíria na boca da mulherada de todo o Brasil.“Só tinha o sinalzinho!”, confessou, decepcionada, Ivete Garcia à amiga Neiva Jordão, contando cada detalhe de uma noite marcante com um parceiro, conhecido em um site de relacionamento, que, ao tirar a roupa, revelou ser mal-dotado.

A dupla que inspirou o áudio mais engraçado dos últimos tempos, no entanto, vive uma rotina pacata na pequena cidade de Mogi Guaçu, de 146 mil habitantes, no interior de São Paulo. Ivete Garcia, de 58 anos, mal concluiu o Ensino Médio na Escola Municipal Capitão Agenor de Carvalho e começou a trabalhar como faxineira. Ainda jovem, o amor fisgou seu coração e proporcionou um casamento apaixonante de 25 anos e dois filhos. Depois de se aposentar, dedica seu tempo ao trabalho voluntário que realiza na Associação de Paes e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município.

Neiva Jordão mora em Mogi Guaçu desde 1 ano de idade e teve que parar os estudos quando tinha apenas 13 anos para trabalhar e ajudar a família. Enquanto cortava cana, sonhava ser aeromoça. Não conseguiu concretizar o desejo, mas, já casada, voltou a estudar depois de criar seus quatro filhos. Ao chegar ao Ensino Médio, o marido a proibiu de continuar. Na vida adulta, atuou como funcionária pública e, depois de aposentada, voltou à rotina do lar.

De uma pequena cidade no interior de São Paulo, Ivete e Neiva conquistaram o Brasil. Amigas há mais de
30 anos, elas foram vizinhas de casa. Hoje, porém, moram a 10 quilômetros uma da outra. Mas a distância não impede que se encontrem três vezes por semana para botar o papo em dia. A dupla compartilhou mais que apenas segredos. Na vida pessoal, sofreram juntas com a viuvez e se ajudaram na superação, sempre com uma boa dose de humor, marca registrada de Ivete.

“Neiva ficou viúva antes de mim, e eu até brinquei: ‘Amiga, que inveja!’. Oito meses depois, quem ficou viúva fui eu”, comentou, rindo. Voltando à vida de solteira, cada uma segue do seu jeito. Viúva há seis anos, Neiva está feliz com o namorado de Mogi Guaçu. Já Ivete, que voltou à solteirice há cinco anos, prefere bater perna na rua, sempre bem acompanhada. “Apesar da minha idade, eu amo sair e curtir a noite. Sou apaixonada por dança e gosto mesmo de tomar uma caipirinha com as amigas”, confessou ela, que, agora, aproveita para desenvolver mais seu lado humorístico.

A fama, aliás, pegou as amigas de surpresa e o baque foi grande. Assim que descobriu que o áudio tinha
vazado, Ivete ficou devastada. “Eu moro em cidade pequena, do interior, então não conseguia sair de
casa. Eu só chorava”, contou. No começo, tiveram muita ajuda de parentes e amigos, mas, agora, o clima é mais leve. “Os amigos foram chegando para ajudar e, depois de meus filhos ficarem assustados, começaram a dar risada e fazer piada”, confessou Ivete.

Cada mulher tem sua Neiva do céu

Confidente e melhor amiga, Neiva Jordão recomenda que todas as mulheres tenham a sua ‘Neiva’. “Em resposta ao áudio da Ivete, eu vi que muitas mulheres comentam: ‘Amiga, eu e você’. Eu acho que deve ter mesmo uma amiga para confidenciar. Eu mesma preciso comentar algumas coisas e recorro à minha ‘ Neiva ’ ”, confessou.

Para ela, o que não pode faltar na relação é confiança. Beatriz Henriques, 21 anos, não abre mão das suas ‘Neivas’, que atuam não só como confidentes, mas também como porto seguro em momentos difíceis. “Eu conto minhas experiências, mas elas também desabafam. É ótimo ter pessoa que podemos compartilhar informações sobre assuntos mais íntimos”, revelou.

Para Amanda Sant’Anna, 22 anos, conversar sobre assuntos íntimos é libertador. “Com as amigas nos sentimos mais confortáveis para falar sobre experiências sexuais do que com profissionais”, constatou. Ela garante, com orgulho, que tem suas ‘Neivas’ também e “confio a elas meus segredos”. Amanda enxerga tal tipo de amizade como um espaço para “mulheres se empoderarem e tratarem o sexo com uma coisa natural”, explica.

A ‘Neiva’ tem um significado extra para Mariana Couto, de 22 anos. “Sempre teve um tabu muito grande sobre a vida sexual das mulheres, e não temos muita segurança para falar sobre isso com qualquer pessoa”, afirmou. A estudante de Psicologia diz ter três ‘Neivas’ com quem conversa. Para ela, a amiga, além de inspirar confiança, deve ser uma boa ouvinte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here