MS registra novo caso de Febre Amarela

0

Mato Grosso do Sul tem dois casos de pacientes com suspeita de febre amarela em investigação. Boletim divulgado nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Saúde aponta um caso a mais em relação aos números da semana passada.

De acordo com o documento, foram cinco notificações no Estado até agora, três casos foram descartados e dois permanecem sob investigação. Em relação ao novo caso, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) não deu mais detalhes sobre a cidade do paciente suspeito de contrair a doença.

No país, em uma semana, os casos aumentaram consideravelmente. Até a última terça-feira (23) eram 601 notificações nos estados e apenas 130 casos confirmados, resultando em 53 mortes.

Os números divulgados hoje revelam 1.080 notificações, 213 casos confirmados e 81 mortes no Brasil.

Contágio

A contaminação ocorre quando um ser humano ou um primata é picado pelo mosquito transmissor da doença, Haemagogus, para febre amarela silvestre, e Aedes aegypti, para febre amarela urbana.

O ciclo da doença ocorre da seguinte maneira: na fase inicial, há ocorrência de dores de cabeça, febre, perda de apetite, náuseas e vômito e dores musculares, principalmente na região das costas.

Na fase tóxica, os sintomas são agravados e podem ser registrados sintomas febres altas, amarelamento de pele e olhos, sangramento da boca, nariz, olhos e estômagos, vômitos, órgão como fígado e rins são comprometidos, dores abdominais e escurecimento da urina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here