Golpistas usam Facebook para aplicar fraudes em vendas on-line

Com anúncios falsos, perfis vendem produtos que nunca são entregues ou que não condizem com o que é prometido.

0

Com mais de 130 milhões de usuários no Facebook, se tornou mais do que uma rede social, uma plataforma em que proliferam lojas, vendedores de serviços e pequenos comércios. Atualmente são mais de 25 milhões de perfis voltados para comércio.

As denúncias por fraude também aumentam e muitas pessoas acabam comprando produtos que não condizem com o que é anunciado, ou que nem sequer chegam ao consumidor.

Vários usuários de diversas cidades do Mato Grosso do Sul, passaram a receber propaganda de perfil nesta segunda-feira (08), o perfil anunciava a venda de diversos equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos a preços abaixo da venda de mercado. O perfil com nome de Roberta Akira, supostamente localizado na cidade de Dourados, oferece a qualquer membro do Facebook aparelhos celulares de ultima geração por preços muitos abaixo de mercado, entre as principais ofertas podemos destacar o aparelho Celular s10 novo original nota garantia.

Por apenas R$ 500,00, outra oferta j8 novo 64gb novo original acompanha todos acessórios nota e garantia por apenas R$ 350,00 e a oferta principal o aparelho Iphone XS MAX 512 GB, com nota fiscal e garantia apenas R$ 1000,00.

Em contato com o vendedor informou que todas as vendas são realizadas pela internet e o comprador recebe a mercadoria em seu endereço, perguntado sobre a possibilidade de se retirar a mercadoria em mãos com o vendedor o perfil é bloqueado. Entramos em contato com o vendedor, identificando como imprensa, mas fomos bloqueados.

Confira dicas para evitar golpes:

Desconfie de preços muito baixos. Não existe milagre: desconfie de ofertas vantajosas demais.

O site tem que oferecer uma compra segura (garantir que ninguém mais tenha acesso a seus dados pessoais). Para isso, na hora da compra, deve aparecer um “cadeado” na barra inferior do navegador. Mas cuidado: muitos sites falsos copiam essa imagem e inserem dentro página. Clique duas vezes sobre esse ícone e uma pequena janela com informações sobre a autenticidade do site deve aparecer. Em alguns sites falsos, o cadeado pode até aparecer, mas será apenas uma imagem e ao clicar duas vezes sobre ele nada irá acontecer.

Atenção ao endereço que aparece na hora de fazer a compra: Depois do “http” deve aparecer a letra “s” que significa “security” (segurança). Se a página for segura, tem de começar com “https”. Se for só http, cuidado.

No ato da compra, minimize a página: se o teclado virtual for minimizado também, está correto. No entanto, se ele permanecer na tela sem minimizar junto com esta, está errado.

Sempre que fornecer seus dados sigilosos, como por exemplo do cartão de crédito, digite sua senha “errada” na primeira vez. Se aparecer uma mensagem de erro, significa que o site é realmente do banco, pois o sistema tem como checar a senha digitada. Mas, se digitar a senha errada e não acusar erro é um mau sinal. Alguns golpistas querem apenas capturar senhas.

Atenção para a forma de pagamento. Evite comprar em sites que recebem apenas por boleto bancário ou depósito em conta. Ainda, veja quem é o titular da conta bancária. se for uma pessoa física e não uma empresa, não compre!

Procure no site a identificação da loja em que pretende realizar a compra (razão social, CNPJ, telefone e outras formas de contato além do e-mail).

Prefira fornecedores recomendados por amigos ou familiares.

Imprima ou salve todos os documentos que demonstrem a compra e a confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios etc.).

Instale programas de antivírus e o firewall (sistema que impede a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos ou não autorizados) e os mantenha atualizados em seu computador.

Nunca realize transações online em lan housescybercafés ou computadores públicos, pois podem não estar adequadamente protegidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here